Oi Pessoas!! Como estão? Antes de começar, realmente, o post de hoje, tenho que avisar que toda semana, no sábado às 10:30, vai ter um post  sobre unhas no blog. Pra começar eu resolvi trazer algumas técnicas para ajudar na hora de fazer a francesinha, quando você não tem tempo de ir à manicure, ou resolveu se aventurar nesse mundo das unhas. As técnicas são bem fáceis, e você só vai precisar de coisas que, geralmente, temos em casa. Vem ver!
Virando Moda
  • Você pode usar fita adesiva e colá-la em cima de onde quer que sua francesinha fique, e é só esmaltar a unha. A fita não deixa que fique esmalte onde não deveria, e ajuda a deixar a francesinha mais reta, mas nada de esmaltar a unha e já tirar a fita, espere um pouquinho pra não acabar borrando a unha.
  • Nessa técnica você irá usar o polegar e passar o esmalte branco nele, depois é só arrastar as unhas no dedão, que está pronta. Esse truque deixa a francesinha um pouco mais alta, por conta da quantidade de esmalte que o dedo deixa na unha, então cuidado com o tanto de esmalte que você irá passar.
Foto: Dicas de Mulher
  • Pincéis artísticos próprios para unha são um ótimo aliado nesse momento, já que eles têm a espessura mais fina, e ajudam a ter mais precisão na hora de fazer o traçado.
  • O palitinho que a gente usa pra tirar os excessos de esmalte do cantinho da unha também ajuda na hora de arrumar o traçado da francesinha, basta passar o esmalte mais ou menos aonde você quer a francesinha, e arrumar o tamanho e afins com o palitinho.
  • E na última técnica a gente só vai. É só usar o próprio pincel do esmalte e posicionar ele de nado, com metade na unha e metade fora dela, assim o traço fica levemente mais preciso que usando ele reto.
Foto: Blog Estilo de Vida

Essas foram as técnicas que eu resolvi compartilhar com vocês, e tenho certeza que irão ajudar na hora de fazer a francesinha. Deixem nos comentários se vocês já usam alguma dessas dicas ou conhecem alguma que eu não citei. 
Nos vemos na Terça.
Não se esqueçam de seguir as redes sociais para não perder nadinha, e me manda um recado lá que vou ficar super feliz em conversar com vocês.
Beijos de Glitter!!



Oi Pessoas!! Tudo bem? O post de hoje é um daqueles Tendência-Polêmica, como o da Pochete (que saiu AQUI no blog e vale conferir). O salto tratorado ganhou uma força extrema nesta temporada de Outono/Inverno. Por isso entre as várias olhadas nas redes sociais, ao menos uma vez, no seu dia, você vai ver uma sandália, bota, ou afins com solado tratorado. E pra não ficar de fora dessa tendência, tirar algumas dúvidas, ou decretar de vez que ela não é pra você vale a pena ler esse post até o fim. Vem comigo! Mas antes, se no fim do post você quiser apostar tudo nessa tendência, é só clicar AQUI, que tem vários cupons de desconto para usar nas melhores lojas online de calçados.

Pés calçados com sandália branca e azul de solado com salto tratora e escrito por cima da imagem: salto tratorado
Virando Moda
Provavelmente, se essa é a primeira vez que você vê um salto desses, você deve estar pensando: "o que faz uma pessoa usar isso?". Mas calma aí amigx, porque essa foi a mesma reação que eu tive ao ver essa sandália pela primeira vez, com Manu Gavassi, num capítulo de Malhação, lá em 2015, mas como minha mãe diz que a gente paga a língua, cá estou eu, em 2017 desejando loucamente um calçado com esse salto lindo. E eu selecionei dois tipos de calçado pra te "situar" antes de dar algumas dicas de look.

Quatro looks montados com botas de salto tratorado
Foto: Virando Moda
O combo bota de salto + solado tratorado traz o glamour do fashionismo e o poder do estilo rock chic, além de aquecer nossos pezinhos nessa época fria do ano. Mas se eu fosse apostar em uma terceira, e quarta, tendência para complementar essa dupla, seria, sem dúvidas o verniz e metalizado, como no primeiro look.

Quatro looks montados com sapatos oxfords flatform de salto tratorado
Foto: Virando Moda
Os oxfords tratorados vêm, geralmente, junto a outra tendência que bombou no início do ano, o flatform, que lembra as sandálias de plataforma. Normalmente a escolha dos oxfords é feita em tons mais sóbrios, como o nude ou preto, mas se você quiser ousar ainda mais, vale escolher os metalizados, brilhosos, com cores mais fortes, ou fazer como a RiRi e apostar em um com solado colorido.

Quatro looks montados com sapatos de salto tratorado e calça
Foto: Virando Moda
Escolhi quatro looks com pegadas bem diferentes pra te provar que dá sim pra montar produções para o dia a dia e para o trabalho com o salto tratorado e calça. A principal dica é incrementar o calçado no seu estilo, o que torna tudo mais fácil no fim. Você pode combinar a sandália com looks mais coloridos, como nos dois primeiros, ou mais sóbrios e, até mesmo formal e muito fashionista como na última produção.

Quatro looks montados com sapatos de salto tratorado e shorts
Foto: Virando Moda
Tá aí a minha peça favorita: o shorts! Porque é Outono/Inverno, mas não faz frio 24 horas por dia e em todas as regiões do Brasil, então vale apostar neles quando o sol resolve dar as caras ou na sua região, assim como a minha, o frio não é tão forte. O shorts pode ser jeans, de alfaiataria, ou com um tecido mais quentinho, não importa, a dica aqui é combinar com sandálias mais clean e abertas para um visual mais leve, ou escolher botas, ou calçados que tenham as ondulações mais definidas para um look mais "pesado".

Quatro looks montados com sapatos de salto tratorado e vestido
Foto: Virando Moda
Vestidos! Sim, dá pra montar produções elegantes com o salto tratorado. E só para confirma essa ideia, Stella Mccartney, o terceiro look, foi a um evento da Vogue de vestido e salto tratorado. Então não precisa se preocupar de o calçado não ser apropriado, desde que combine com o restante do look, e não destoe tanto do resto da produção.

Bota marrom de salto tratorado
Foto: ...
E aí? O que acharam dessa tendência? Usariam? Me digam nos comentários.
E não se esqueçam de seguir o blog nas redes sociais pra não perder nada. Beijos de Glitter!!
PS: Sábado tem post novo às 10:30!

Fanpage | Instagram Twitter | Snapchat: @Carolm_Ana


Oi Pessoas!! Como vocês estão? No post de hoje eu vim dar algumas dicas para você não errar nunca mais na hora de passar corretivo, em especial, o corretivo colorido, que é o centro das nossa atenções hoje. Porque em algum momento você já se pegou olhando aquela paleta, maravilhosa, de corretivos coloridos e não sabia pra que servia cada cor, nem muito menos como usar. Por isso eu tô aqui hoje, pra acabar com todas as suas dúvidas. Vem comigo!

Paleta de corretivos ao fundo com a frase: como usar corretivo colorido
Virando Moda
Assim como o corretivo de tom normal, os coloridos buscam cobrir imperfeições, mas com ainda mais precisão, uma vez que as cores escolhidas são utilizadas para um fim específico, desde acnes a manchas de pele mais acentuadas. Por isso, antes de escolher seu corretivo, é muito importante saber para que serve cada cor, e qual tom ele irá neutralizar.
  • Laranja: cobre perfeitamente tons azulados, como algumas olheiras mais profundas e hematomas.
  • Lilás ou Roxo: neutraliza tons amarelados, esverdados ou amarronzados, além de ser um tom perfeito para peles negras, que não têm as olheiras tão aparentes.
  • Verde: é indicado para tons mais avermelhados, como acnes, cicatrizes e vasos mais aparentes.
  • Amarelo: hematomas arroxeados e olheiras muito escuras se neutralizam com essa cor.
  • Vermelho: disfarça tons esverdeados e é uma ótima escolha para quem sofre de vitiligo e deseja esconder a "ausência de cor" em determinadas partes da pele.
  • Salmão ou Coral: cobre olheiras arroxeadas ou azuladas, e mesmo não sendo tão comum de se encontrar como os outros tons, é fácil encontrar vídeos no YouTube com misturinhas que chegam a esse tom.
Tabela de cores para combinação de cores
Foto: Virando Moda
E se restou qualquer dúvida de qual cor neutraliza determinado tom, basta usar essa tabelinha aí de cima, escolher o tom aproximado do seu hematoma, mancha, ou afins que queira cobrir, e seu tom oposto vai fazer esse trabalho perfeitamente.
DICA: Se você quiser investir nos corretivos coloridos, recomendo a escolha de paletas, uma vez que vêm com várias cores, e têm n utilidades.

Embalagens unitárias de corretivo colorido abertas
Foto: Make Coisa e Tal
E por hoje foi só! Espero que tenham gostado, e que esse post ajude muuuuiiito quem ainda tinha dúvidas sobre esses corretivos. E se, mesmo assim, ficou alguma dúvida, deixa aí nos comentários que vai ser um prazer te responder.
Não esquece que Quinta, às 14:00, tem post novo, e tenho certeza que vocês irão gostar muito. Até lá!
Beijos de Glitter!!
PS: O Blog tá de página nova no Facebook, então se você ainda não curtiu, corre lá, pra não perder nenhuma novidade.


@carolinamirandacm

@carolinamirandacm